Um rapaz foi assassinado com três tiros no Jardim da Ordem, Tatuquara, na noite de quarta-feira. Ele tentou entrar na casa de uma amiga para se esconder dos assassinos, mas a mãe dela, preocupada com o horário, não permitiu.

Rodrigo de Andrade, o “Digão”, 27 anos, apareceu às 22h na casa da amiga, na Rua Jornalista Silvino Alves Batista, que visitava diariamente. Ele estava muito nervoso, pedindo para entrar, mas a mãe da jovem não permitiu. Pouco depois, quatro tiros foram ouvidos.

Medo

As moradoras se jogaram no chão e, quando se levantaram, encontraram “Digão” morto, atingido por um tiro no rosto e dois nas pernas. Elas viram pelo menos quatro pessoas correndo, mas não souberam informar se eram os atiradores. Ninguém soube dizer o que pode ter motivado o assassinato, investigado pela Delegacia de Homicídios.