O assassinato de Jairo Machado, 30, na noite de sexta-feira (11), resultou na morte de outro homem que não tinha nada a ver com o acerto de contas. O crime aconteceu em um bar no Jardim Silvana, em Almirante Tamandaré.

As primeiras informações apontam que Jairo já tinha passagens pela polícia e seria um traficante temido na região. Ele estava no bar quando dois homens chegaram e atiraram com uma pistola 380 e uma arma calibre 12. Mais de cinco acertaram o tórax e as pernas de Jairo, que morreu no local.

Reinaldo Ribeiro da Silva, 47, também estava no bar no momento do crime. De acordo com a polícia, ele foi local comprar cerveja para tomar em casa. Reinaldo se assustou com os tiros e correu, mas não foi poupado e acabou atingido por um projétil de calibre 12 no abdômen. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu horas depois no Hospital Evangélico.