Policiais civis da Delegacia de Imbituva, região sul do Paraná, autuaram em flagrante, na tarde desta quinta-feira (23), dois homens suspeitos de fraudarem o peso de carnes suínas entregues em mercados de Imbituva e Guaramiranga.

A informação foi repassada à polícia pelo proprietário e por funcionários de três mercados da região, que desconfiaram do peso apresentado durante o descarregamento da carne e da real quantidade entregue para estoque.

Em interrogatório, Sandro Sobotka, 22 anos, um dos suspeitos, confessou que seria o único responsável pelo crime e que Paulo Sérgio Mikaldo, 26, seria apenas motorista do caminhão que transportava o produto. A tática da fraude consistia em alterar a pesagem recebida nos mercados, na qual o funcionário que descarregava as carcaças suínas utilizava-se de um bloco de ferro, de aproximadamente 9 kg, amarrado na cintura com um cinto, fraudando a tara.

Segundo o delegado-titular da Delegacia de Imbituva, Agostinho Mussilini Júnior, a adulteração ocorria no momento da entrega da mercadoria. “Inicialmente, os dois funcionários da distribuidora de carnes suínas de Irati (região sul do Estado), que faziam a distribuição do produto na região, foram autuados em flagrante por tentativa de estelionato. Na delegacia foi arbitrado o valor de fiança de R$ 1,5 mil para cada suspeito, onde vão responder inquérito em liberdade”, diz.