O assassinato do funcionário da Prefeitura de Wenceslau Braz, Nilson Rodrigues, 40 anos, no Norte do Paraná, chocou a população da pequena cidade de 30 mil habitantes. Ele estava desaparecido desde sábado e foi encontrado com quinze golpes de faca, às 9h30 de segunda-feira, dentro de uma valeta, ao lado de um galpão, na Vila Formosa.

O delegado Dirceu Damaceno informou que já tem alguns suspeitos do crime. “Acreditamos que o motivo é passional. Primeiro, porque familiares da vítima informaram que Nilson era homossexual. Depois, pela forma do homicídio e pela arma do crime”, salientou.

De acordo com informações colhidas pela polícia, Nilson foi visto pela última vez no sábado num rodeio. “Tudo leva a crer que ele saiu com alguém do rodeio, com quem mantinha ou pretendia manter um relacionamento amoroso. No trajeto, eles se desentenderam e o Nilson foi morto”, disse o delegado.