Identificado na manhã de ontem, no Instituto Médico Legal de Curitiba, o cadáver da terceira vítima da matança ocorrida na madrugada de domingo, no Jardim Adriane, em Colombo. Trata-se de Antônio Mader de Castro, 23 anos. O rapaz, que era casado e tinha dois filhos, foi reconhecido pela mãe que não soube informar o motivo das mortes. Segundo ela, Antônio, no passado, era dependente de drogas mas havia largado o vício. Foi visto pela última vez saindo de casa na noite de sábado.

Familiares forneceram uma pista que pode auxiliar a polícia a identificar os matadores. Na manhã de segunda-feira foi efetuado um saque em dinheiro, utilizando o cartão do banco da esposa de Antônio. O cartão estava com a vítima no momento da execução e foi roubado. Se o saque foi feito em uma agência bancária – e não em postos 24 horas – pode ter sido filmado. Outro detalhe que chama a atenção é que para a retirada do dinheiro havia a necessidade de o matador conhecer a senha bancária.

Além de Antônio, também foram mortos Pablo Malet José de Lima, 27 e Rodrigo de Souza, 20. Todos foram alvejados com balaços na cabeça. Os corpos ficaram caídos na cancha de esportes do Colégio Heitor Villa Lobos.