Foi identificado na manhã de ontem, no Instituto Médico Legal, o rapaz assassinado a pauladas e pedradas nas imediações da Rua Betonex, em Piraquara. Trata-se de Cleberson Tomé de Souza, mais conhecido como “Cabecinha”, 21 anos, foragido da cadeia de Pinhais desde o dia 30 de julho deste ano, onde cumpria pena por latrocínio.

O superintendente Edson Costa, da delegacia de Piraquara, informou que a polícia já identificou os possíveis autores do crime. “Apuramos que os matadores seriam um rapaz chamado Donizete e os irmãos Aldo e Josué. Todos integrantes da `gangue do terror’, responsável por vários crimes na região”, adiantou Costa. Ele lembrou que dois integrantes do grupo já estão presos. “A forma de matar é a mesma. Eles não utilizam armas, só pedras e pedaços de madeira”, comentou o policial. Ele disse que o motivo foi uma briga entre os integrantes da gangue com Cleberson.

O corpo do rapaz foi encontrado por volta das 3h30 da madrugada de domingo, na Rua Montoia Mariano Sais, Jardim Santa Lúcia. A cabeça de Cleberson foi aberta a pedradas .

Latrocínio

O delegado Jorge, da delegacia de Pinhais, informou que Cleberson e dois rapazes assassinaram José Quenersque, durante um assalto no dia 31 de maio do ano passado, na Vila Maria Antonieta, em Pinhais. A vítima estava namorando dentro do carro, quando os assaltantes chegaram e deram voz de assalto. O jovem se assustou e levou um tiro na cabeça.