Vítima de tiros, Edinaldo Aparecido de Oliveira foi socorrido e levado ao Pronto Atendimento do Alto Maracanã, em Colombo, na madrugada de ontem. Apesar do socorro, ele não resistiu aos ferimentos. O corpo foi removido ao necrotério do Instituto Médico-Legal, de Curitiba, e registrado como o milésimo cadáver recolhido este ano, vítima de morte violenta.

Edinaldo, segundo o que foi apurado, recebeu os tiros quando caminhava pela rua, pouco antes das 4h. Investigadores da delegacia local foram mobilizados, mas pouco apuraram a respeito do crime.