Imprudência e um segundo de desatenção tiraram a vida do pizzaiolo Alexandre Costa, 30 anos. Ele pilotava uma moto e foi atingido por um Ford Fiesta ao fazer uma mudança de pista na Avenida Toaldo Túlio, altura no número 3.800, São Brás. Com o capacete no cotovelo, segundo testemunhas, a vítima foi lançada para o alto e morreu no asfalto, às 7h10 de sábado.

Alexandre vinha lento pelo canto direito da pista, sentido Santa Felicidade. “Bem na hora em que passei, virou a moto à esquerda para mudar de pista. Não deu tempo de fazer nada”, contou o promotor de vendas Isaías Santos Godói, 29 anos, que ia para o trabalho com seu Fiesta. O carro bateu de frente na lateral da moto – impacto que fez o piloto voar e cair de cabeça no chão.

Atrás de Isaías, Vanderson Godói (que não é parente dele) vinha em outro carro. A testemunha relatou que o motoqueiro deixou cair o boné 20 metros antes do acidente e, provavelmente, tentou retornar para apanhá-lo sem perceber que um veículo passava naquele instante. “O Fiesta estava devagar. Se não desistisse de ultrapassá-lo, era eu quem ia bater no motoqueiro”, falou. Os soldados Preiss e de Pauli e o tenente Todisco, todos do Batalhão de Polícia de Trânsito, atenderam o acidente.