Uma casa de madeira foi totalmente consumida pelo fogo, na manhã de ontem, na Rua Vereador Antenor P. dos Santos, bairro Vista Alegre, em Curitiba. O casal e dois filhos, de 6 e 12 anos, moradores da residência, estavam na igreja quando o incêndio começou. Os bombeiros acreditam que um curto-circuito provocou as chamas.

Vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros por volta de 11h. As equipes chegaram ao local, mas a casa já havia sido destruída pelo fogo. As labaredas, que atingiram 12 metros de altura, por pouco não atingiram as casas ao lado.
O capitão Moreira, dos bombeiros, acredita que, por ser uma construção antiga, o fogo começou por causa de um curto-circuito na instalação elétrica, provavelmente por conta de um aparelho que ficou ligado à energia elétrica.

No entanto, o dono da residência, Lucio Hess, 38 anos, disse que recentemente havia trocado a fiação da casa. “Só consegui salvar a máquina de lavar”, contou Lucio, que é técnico de segurança no trabalho e estava transtornado ao ver o estado de seu imóvel, ocupado por ele e a família há oito anos.

Uma moradora da região lembrou que esta a casa já pegou fogo quando a antiga inquilina morava no local. Outro vizinho disse que há dois meses Lucio já havia tido problemas com a fiação, por isso resolveu fazer o reparo.

Ontem, para apagar as chamas foram usados 7 mil litros de água. Dois caminhões Auto Bomba Tanque e Resgate (ABTR) e um Auto Bomba Tanque (ABTR) carregados com 19 mil litros de água, e dois veículos de Auto Busca e Salvamento combateram o fogo.

Susto

Quando soube do incêndio, o 3.º sargento Júlio, do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), ficou assustado. Ele mora a duas casas da que foi incendiada. “Pensei que fosse a minha”, contou aliviado. Ao ver o desespero da família, moradores da região começaram a se organizar para doar eletrodomésticos às vítimas e ajudar na reconstrução da casa.