Bombeiros lutaram para debelar as chamas.

Todo o estoque de móveis e colchões da loja 5.200 se transformou em cinzas. O incêndio começou às 13h30 de ontem, no depósito que fica na Avenida Salgado Filho, Uberaba. Uma hora e meia depois ainda havia focos de chamas e labaredas de mais de um metro de altura.

Joel da Silva, que é encarregado do refeitório da empresa, foi quem viu as labaredas. “Ouvi um estrondo no poste. Depois olhei para o depósito e as chamas já estavam altas. Acredito que deve ter sido um curto-circuito”, comentou.

No momento do incêndio, os funcionários que trabalham no local estavam ainda em horário de almoço. Como havia muito material inflamável, feitos de madeira e estofados, as chamas se alastraram rapidamente. Quinze minutos depois do início do fogo, as paredes do depósito começaram a ceder.

Cláudio Domassoni, funcionário da empresa, disse que o prejuízo foi alto, mais ainda não calculado. “Eram móveis, que já foram vendidos e estavam sendo montados para a entrega”, explicou.

Combate

O aspirante Lorenzetto, do Corpo de Bombeiros, informou que para combater as chamas foram necessários 28 mil litros de água e 15 homens. “O trabalho de rescaldo vai até as 18h”, contou o oficial. A preocupação maior dos bombeiros era impedir que o fogo se alastrasse para o outro barracão da empresa, que fica ao lado.