Duas pessoas ficaram feridas no incêndio de uma pastelaria, que supostamente começou com o aquecimento de gordura em uma frigideira, na manhã de ontem, no centro.

O estabelecimento fica na Rua João Negrão, quase esquina com a Rua José Loureiro. O dono da pastelaria, Wu Tu Da, 57 anos, e Wenpam Wu, 24, sofreram queimaduras de 1.º e 2.º graus, e foram levados pelo Siate ao Hospital Evangélico.

O fogo começou por volta de 9h40 e a rua ficou fechada para o fluxo de veículos, o que deixou o trânsito, que normalmente é lento, mais complicado. A explosão atingiu o andar superior do estabelecimento que funcionava como depósito.

Gás

De acordo com o tenente Josué Freitas, do Corpo de Bombeiros, a área foi isolada para que as chamas não passassem para as outras edificações e três focos de incêndio foram combatidos.

“O primeiro passo era evitar que as chamas se alastrassem e retirar os botijões que ainda estavam no local. O que explodiu foi o gás, e não o botijão”, esclareceu.

Segundo ele, profissionais do Conselho Regional de Engenharia (Crea) vão fiscalizar o imóvel, e as causas do incêndio serão investigadas pelo Instituto de Criminalística.