Para total surpresa dos familiares, o malacologista – estudioso de conchas – Walter Heckmann, 78 anos, entrou no Museu das Conchas, que ele mesmo fundou, na Rua Generoso Marques, 400, centro de Guaratuba, e ateou fogo no acervo. Em seguida, Heckmann tentou se matar, cortando os pulsos. Como não obteve sucesso na tentativa, pegou uma pistola e atirou contra si. Porém, a arma não funcionou. Com o auxílio de vizinhos, a esposa da vítima conseguiu desarmá-lo, e em seguida ligou à polícia para pedir ajuda. O fato ocorreu por volta das 12h30 do último sábado.

O Corpo de Bombeiros conseguiu controlar o incêndio, porém, o local ficou quase inteiramente destruído. Com o malacologista, a polícia apreendeu uma pistola 765 e uma espingarda calibre 12. Ao sair do hospital, ele foi levado para a delegacia do município e autuado em flagrante pelo incêndio.