Uma residência na zona rural de Campo Largo, distante aproximadamente cinco quilômetros do centro da cidade, pegou fogo e causou a morte de Rosa Soares, 62 anos. O sinistro só foi descoberto na manhã de ontem, devido ao isolamento do local. A Polícia Científica acredita que deva ter ocorrido na terça-feira. A vítima morava sozinha na casa de madeira, localizada na Rua Cezar Scarpin. De acordo com o perito Alcebíades, a casa com aproximadamente 35 m2 ficava em um local isolado de outras residências e na área não há energia elétrica. A iluminação era feita através do uso de lampião e velas o que pode ter motivado o incêndio.

Outro

Um caso semelhante aconteceu em São José dos Pinhais na madrugada de terça-feira. Por volta das 3h10, um incêndio consumiu totalmente a pequena residência de madeira localizada na Estrada Doze Lagos, Colônia Cotia. Antônio Moro Condoe, 65 anos, morreu carbonizado e foi encontrado pelos soldados do Corpo de Bombeiros em um dos cômodos da casa, provavelmente quarto. Informações no local indicaram que a vítima morava sozinha e que morreu enquanto dormia. A causa do sinistro será investigada pela Polícia Científica.

Da construção sobraram apenas entulhos espalhados.