Endividados com traficantes, os irmãos Vanderson, 20 anos, e Silmara Aparecido Cadena, 19, foram executados na noite de domingo na região conhecida como ?Mato do Bidin?, no final da Rua Ezequiel Honório Vialle, no Botiatuvinha. Seus corpos foram encontrados apenas na manhã de ontem por um agricultor, que entrou no bosque para catar pinhão. Vanderson estava caído no gramado, a alguns metros da irmã, que estava dentro de uma gruta. Ambos foram mortos com tiros na cabeça.

De acordo com a polícia, os irmãos eram usuários de drogas e perambulavam pelas ruas, depois que foram expulsos de casa. Além disso, Vanderson seria autor de assaltos na região. O rapaz estava com a cabeça enfaixada por ter sido atacado por um pit bull, quando tentou assaltar uma residência, conforme comentado por moradores. Eles também disseram que a jovem já havia sido baleada.

Dívida

Embora o local do crime não seja ponto de consumo de drogas, investigadores da Delegacia de Homicídios acreditam que as execuções estejam relacionadas ao tráfico,  porque familiares relataram que ambos deviam para traficantes.

A polícia informou que já possui nomes de alguns suspeitos, mas que prefere não divulgá-los para não atrapalhar as investigações. Próximo ao ?Mato do Bidin? há uma invasão, onde possivelmente estão os traficantes com quem os irmãos tinham dívida. De acordo com os policiais, amigos das vítimas vão colaborar com as investigações.