O jovem Wellington Luiz Ribeiro caminhava junto com a namorada, pela Rua Santo Antônio, no Cajuru, próximo ao terminal de ônibus da Vila Oficinas, quando um indivíduo se aproximou e deu voz de assalto, na sexta-feira, próximo das 19h. Wellington deu o tênis e a camiseta e acabou reagindo, o que lhe custou a vida. Levou diversos tiros. Apesar da versão da Delegacia de Homicídios (DH), de que o jovem reagiu ao roubo, a namorada dele comentou que quando Wellington estava abaixado, desamarrando o tênis, falou algo ao assaltante, como: "Não quer levar a meia também para fazer o serviço completo?". Com raiva da brincadeira, o bandido disparou os tiros.

O rapaz ainda foi atendido pelo Siate e encaminhado ao Hospital Cajuru, onde morreu por volta das 22h30. A namorada relatou à DH que o assaltante usava uma blusa preta com capuz, era moreno-claro, magro, cabelos curtos, tinha aproximadamente 1,65 metro de altura e aparentava entre 16 e 17 anos. Visto que o fato se trata de um latrocínio (roubo seguido de morte), o caso será encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos.