Unhas pintadas, cabelos ruivos e bem cuidados, brincos e anéis. À véspera do Dia Internacional da Mulher, uma bela jovem, aparentando cerca de 18 anos, foi encontrada morta a tiros, por volta de 9h, à beira de uma estrada de terra de São José dos Pinhais.

O corpo estava na Rua Benjamin Negoseki (prolongamento da Avenida Rui Barbosa), no bairro Cachoeira, próximo a uma região de cavas, onde começa a estrada de chão.

No Instituto Médico Legal ela foi identificada supostamente como Sabrina Aparecida Gonçalves Carvalho, porém o corpo ainda não havia sido liberado pela família até a noite de ontem.

Um pescador que passava de bicicleta, logo cedo, foi quem encontrou a jovem. O perito criminal Edimar Cunico constatou que a mulher levou três tiros na cabeça e que ela foi morta exatamente na posição em que foi encontrada.

“O autor a fez se deitar de barriga para baixo e atirou”, analisou o perito. Ela usava blusa de lã cinza, blusa roxa, calça de malha branca com estampas e tênis branco e azul.