Quando voltava para casa depois de socorrer um amigo que passava mal, Alexandre Fernandes Angelin, 21 anos, foi assassinado com três tiros, na madrugada de ontem, em Almirante Tamandaré. O crime ocorreu pouco depois das 2h30, na esquina das Ruas Tiatuva e Santa Maria, Jardim Alto de Pinheiros.

A vítima teria sido obrigada a se ajoelhar no meio da rua para ser executada com um tiro nas costas e outros no peito e na cabeça. Ele não portava documentos e foi identificado com outro nome.

Mas, no início da noite de ontem, familiares de Alexandre foram até a delegacia e confirmaram a identificação. A mulher da vítima, Vanessa da Silva, 22, contou que o marido era servente de pedreiro. Os dois eram casados há sete anos e tinham dois filhos. Em 2006, um rapaz com o mesmo nome de Alexandre foi preso depois de tomar um veículo em assalto nas Mercês. A polícia não confirmou se é a mesma pessoa.