Se apresentou na última sexta-feira, no 1.º Distrito Policial (centro), a jovem que ameaçou se matar no último dia 4, na Praça Osório, no centro da cidade e mobilizou policiais civis e militares por mais de quatro horas.

Emanuélli Gabardo, que está grávida, preferiu ficar em silêncio e apresentou um atestado médico que estava em tratamento psiquiátrico. Ela foi indiciada por porte ilegal de arma e por disparo em via pública.