Policiais civis do Grupo de Diligências Especiais (GDE) da 15.ª SDP de Cascavel esclareceram na tarde de segunda-feira (10) a invasão e o furto ocorrido no colégio Padre Carmelo, no Bairro Alto Alegre, em Cascavel. No registro da ocorrência, foi verificado que um computador completo havia sido furtado.

O delegado Luis Rogério Ramos Sodré designou uma equipe para investigar o caso e, um jovem de 19 anos, foi detido acusado de ser o autor do crime. Guilherme Marum foi encaminhado à Delegacia Central e confessou a autoria do furto, no entanto, informou que já havia vendido o computador. Com o dinheiro, comprou pedras de crack.

A investigação terá prosseguimento no sentido de recuperar o equipamento e também identificar o receptador que, acredita a polícia, também seria traficante. Guilherme Marum já respondeu processo por roubo e tentativa de homicídio.

“Acreditamos que o rapaz tenha envolvimento em outros furtos naquela região da cidade. O esclarecimento deste crime específico vem reforçar a ideia de que vários outros delitos gravitam em torno do tráfico de drogas”, conclui o delegado.