Um assaltante usou um táxi para fugir, na manhã de ontem, mas foi capturado por policiais da Rone (Ronda Ostensivas de Natureza Especial). A polícia entrou em contato com o taxista e descobriu onde o bandido havia desembarcado.

No local, foi preso o receptador dos objetos. O assaltante, identificado como Renan Bodziack, 26 anos, foi capturado instantes depois. A polícia tenta localizar o comparsa dele, que teria ficado fora da residência durante o roubo.

Os marginais bateram palmas em frente à casa da vítima, na Rua Rosina Sanson Pereira Pinto, Uberaba, pouco antes das 8h. Ao atender, a moradora, de 81 anos, foi dominada juntamente com o filho, de 52.

O marginal exigiu que a mulher entregasse dinheiro, mas não ficou satisfeito com a quantia e trancou as vítimas no banheiro. Após juntar três televisões, um aparelho de DVD, joias e os R$ 450, o assaltante chamou um táxi pelo telefone das vítimas. Ele se identificou como Fernando e se atreveu a pedir o maior carro da frota, para que pudesse acomodar todos os produtos.

Vizinhos

De acordo com o tenente Nunes, da Rone, vizinhos anotaram as placas do veículo e os policiais conseguiram entrar em contato com o taxista. O ladrão havia desembarcado na Rua Desembargador Antônio de Paula, Boqueirão.

No local, os policiais encontraram Alisson Adriano Brito Martins, 20 anos, com os objetos roubados, além de uma balança de precisão e certa quantidade de maconha e crack.

Alisson foi encaminhado ao Centro de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e deverá responder por receptação e tráfico. Ele tem passagem por roubo e cumpriu um ano e meio de prisão.

Segundo o tenente, o rapaz afirmou que apenas guardava os produtos para Renan, que foi preso nas proximidades, escondido num barraco na Rua Doutor Laurindo Abelardo de Brito, no mesmo bairro.

Segundo a polícia, ele foi reconhecido pelas vítimas como autor do roubo. Renan cumpriu três anos de sua pena de 11, por roubo. Há 40 dias, conforme informou o tenente, ele fugiu da Colônia Penal Agrícola de Piraquara (CPA).