O que era para ser uma prisão em flagrante de dois ladrões que estavam desarmados se transformou em uma troca de tiros que deixou o saldo de um homem morto e dois policiais militares feridos. O fato ocorreu na madrugada de ontem, em Pinhais.

Toda a ação teve início com o arrombamento de um mercado, na Rua Belo Horizonte, bairro Jardim Cláudia. Dois homens entraram no estabelecimento e enquanto praticavam o furto, foram vistos por um vizinho que avisou o proprietário e policiais militares do 17.º Batalhão da PM. O comerciante chegou antes da polícia e consegui deter um dos indivíduos. O outro fugiu.

O detido foi entregue aos PMs, algemado e colocado dentro da viatura policial para ser levado à delegacia local. Durante o trajeto, na Rua Campo Grande, o preso identificado como Everson Cesar Pires de Lima, 25 anos, o “Negritinho”, conseguiu se soltar das algemas e abriu a porta traseira da viatura, para a fugir. Os PMs notaram a ação e tentaram deter o indivíduo. “Negritinho” entrou em luta com um dos policiais e tentou tomar a arma dele. Tiros foram disparados e acertaram a mão de um dos PMs e a perna de outro. Diante da gravidade da situação, o policial que acompanhava a luta realizou mais disparos e matou “Negritinho”.

Os PMs feridos foram levados pelo Siate para o Hospital Cajuru, onde foram atendidos e liberados. As armas dos PMs foram recolhidas e deverá ser aberto um inquérito policial militar para apurar o caso. Até o final da tarde de ontem, a PM ainda não havia fornecido dados oficiais à delegacia local nem os nomes dos soldados envolvidos no tiroteio.