A bandidagem está tomando conta da Vila Lindóia e os moradores e comerciantes não agüentam mais a onda de assaltos. Maria José Feltrin é sócia de uma panificadora na região e é uma das vítimas preferidas dos bandidos. O seu estabelecimento já foi assaltado 10 vezes. Dois roubos, inclusive, ocorreram na semana passada..

Segundo a vítima, os assaltos são constantes nos estabelecimentos comerciais e a polícia tem demorado muito para atender as chamadas. ” A polícia não existe para nós. Conversamos com os fregueses e eles todos os dias contam casos de roubos”, diz Maria. Na maioria das vezes, os assaltos são cometidos por dois homens armados com revólveres.

Fechar

De acordo com a comerciante, devido as ações constantes de marginais, muitas pessoas já chegaram a cogitar a idéia de fechar as portas dos estabelecimentos, inclusive ela. “Isso só não aconteceu porque nossa vida é dedicada a essa panificadora. Não posso abrir mão do meu trabalho por causa de problemas com a segurança que é dever do governo”, desabafou. Maria é moradora na região há 27 anos.

Ela diz que não consegue mais dormir por causa dos assaltos. “Passo a noite inteira pensando numa solução e acredito que somente um policiamento mais próximo da população possa resolver o problema. Quem sabe um módulo policial”, diz.