Desentendimento em rodada de cachaça resultou na morte do lavrador Edilson Ribeiro, 25 anos, na noite de sexta-feira, em Rio Branco do Sul. O rapaz foi morto com um golpe de facão no pescoço, no quintal da casa de um amigo, localidade de Açungui de Baixo, a cerca de 40 quilômetros do centro da cidade. A polícia já tem o nome de três suspeitos e espera que eles se apresentem nos próximos dias.

Edilson, como fazia costumeiramente, bebia cachaça no fim do dia com três amigos, e teve o pescoço cortado a ponto de quase separar a cabeça do corpo. Segundo levantamento preliminar da Polícia Científica, a arma utilizada seria um facão. "Não encontramos nenhuma arma ou ferramenta no local, até as garrafas de cachaça foram levadas", relatou Pires.