Divulgação
Diony: sumido a mais de um mês.

Diony Avelino de Oliveira, 31 anos, sofreu o que sua família acredita ser um seqüestro. Segundo informações de sua mãe à polícia, na madrugada de 10 de agosto, três indivíduos chegaram a residência, na Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, Pinheirinho, em um Fiesta preto. Armados com pistolas, invadiram a casa e, identificando-se como policiais, levaram Diony. A família conseguiu anotar a placa do veículo. No entanto, diz o advogado Gilson Vilmar Albertoni, a polícia constatou que a identificação era fria. Desde então, Diony não foi mais visto nem deu notícias à ninguém.

Os parentes não conseguem entender o que houve com o rapaz e aguarda informações que possam ajudar a esclarecer o paradeiro. Informações podem ser passadas ao Ciac Sul (41) 3346-5644.