A maconha foi a principal droga apreendida pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) no primeiro trimestre desse ano, correspondendo a quase 90% do total de entorpecentes retirados de circulação no Paraná. De janeiro a março foram recolhidas 2,8 toneladas de drogas pela Polícia Civil no Estado e 184 traficantes foram presos.

De janeiro a março, os policiais apreenderam 2,5 toneladas de maconha no Paraná, além de 204,6 quilos de crack, 65,2 quilos de cocaína, cerca de um quilo de haxixe e 5,3 mil fracos de lança-perfume. A polícia recolheu ainda 55 veículos, 22 armas e aproximadamente 700 munições.

A maior parte da maconha foi encontrada em Foz do Iguaçu, onde 935,2 quilos da droga foram retirados de circulação. O delegado-geral da Polícia Civil, Riad Braga Farhat, destacou que as apreensões contribuem para a diminuição no número de homicídios, uma vez que a maior parte desses crimes é relacionada ao consumo ou ao tráfico de entorpecentes.