O trabalho de repressão ao tráfico de drogas da Polícia Federal continua intenso neste final de ano na região fronteiriça de Foz do Iguaçu. Entre a tarde de quinta-feira (17) e a manhã manhã desta sexta-feira (18), os agentes apreenderam em operações distintas quase duas toneladas de maconha, lança-perfume e haxixe.

Na tarde de quinta-feira, às margens do Rio Paraná, na Favela do Queijo, agentes da PF localizaram 1.729 kg de maconha e 390 frascos de lança perfume. A PF não conseguiu localizar os donos do carregamento.

No início da manhã desta sexta-feira (18), a PF prendeu um rapaz que tentava embarcar no Aeroporto Internacional de Foz com mais de três quilos de haxixe. A prisão aconteceu por volta das 05h30, durante fiscalização rotineira. O rapaz tem 20 anos é estudante e tentava embarcar para Brasília.

Ele teria ficado muito nervoso com a abordagem dos agentes e foi conduzido para uma revista detalhada numa sala reservada. O haxixe estava preso em suas pernas, sob moldes de caneleiras e também na forma de palmilha de tênis. O rapaza foi indiciado no Artigo 33 c/c 40 da Lei 11.343/2006, podendo ser condenado a uma pena que varia de 5 (cinco) a 15 (quinze)  anos e multa, com possibilidade de aumento em virtude da transnacionalidade do delito.