Em menos de quatro horas, dois rapazes foram executados na Rua Chanceler Lauro Müller, no Parolin. A primeira vítima foi o catador de papéis Marcelo da Silva Andrade, 18. A outra não havia sido identificada até a tarde de ontem.

O pai de Marcelo, Otair Gomes de Andrade, contou à polícia que estava em casa com os filhos quando uma criança entrou e chamou Marcelo pelo nome, às 21h de sexta-feira. Ele saiu para ver quem o chamava e deparou com o assassino, próximo ao portão de casa. O assassino ordenou por duas vezes que Marcelo entregasse o celular. O rapaz não obedeceu, deu as costas e se dirigiu para dentro da casa, quando foi atingido por dois tiros na nuca. Nenhuma testemunha informou quem era o criminoso nem suas características.

Outro

Aos trinta minutos da madrugada de sábado, um desconhecido, aparentando 25 anos, foi encontrado morto no cruzamento da Rua Chanceler Lauro Müller com a Rua Brigadeiro Franco. No local a perícia verificou que a vítima foi atingida por dois tiros nas costas e um no peito. Na cabeça havia muito sangue e não foi possível examinar se também havia ferimento por bala.

Até ontem o desconhecido permanecia sem identificação no Instituto Médico-Legal (IML). Ele é branco, vestia bermuda e blusa pretas e calçava tênis brancos. Os dois casos estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídios.