O final de semana foi marcado por vários acidentes de trânsito na capital e região. Em apenas dois deles, dez pessoas ficaram feridas. Da noite de sábado até a tarde de ontem, seis pessoas morrem em consequencia de acidentes de trânsito.

Na noite de sábado, um colisão envolvendo um ônibus ligeirinho e um carro deixou sete pessoas feridas no cruzamento da Rua Pedro Gusso com Avenida das Indústrias, no CIC.

As vítimas, entre elas duas crianças, estavam num Tempra com placas de Curitiba, que colidiu contra o ligeirinho Colombo/CIC que estava recolhendo. O motorista do carro e uma passageira de 56 anos ficaram feridos gravemente e foram levados ao hospital.

Outro acidente, na noite de sábado, deixou duas crianças feridas. A colisão aconteceu pouco antes das 20h na esquina das ruas Ubaldino do Amaral e Fernando Amaro, Alto da XV, perto da Praça do Expedicionário.

Mais

O Clio placa MQM-0325 cruzou a preferencial e colidiu com um Fox e um Palio, onde duas crianças estavam sem cinto de segurança. Uma delas, de 9 anos, fraturou o crânio e foi encaminhada pelo Siate ao Hospital Trabalhador. A outra, de 6, também ficou ferida gravemente. Uma mulher de 27 sofreu ferimentos leves.

Mortes

Da noite de sexta-feira até a tarde de ontem, seis pessoas morreram vítimas de acidente de trânsito. Jamil Portela de Albuquerque, 38, Santina Antunes Gonçalves, 64, e Erly Luiz Santos, 52, morreram em hospitais.

Rosalvo Soares Correia, 56, perdeu a vida dentro da ambulância. Patrícia Ribeiro dos Santos, 26, morreu na BR-376, em São José dos Pinhais. Na tarde de ontem, uma pessoa morreu atropelada na BR-116, na Vila Zumbi, em Colombo.

A vítima foi identificada extra-oficialmente como João Maria Stander, 30. O corpo foi rapidamente recolhido do local por causa da revolta dos moradores que ameaçaram depredar uma viatura policial.

Anderson Tozato
Clio invade preferencial. Duas crianças ficam feridas.