Catorze máquinas caça-níqueis foram apreendidas em bares e lanchonetes de Piraquara, no último fim de semana. A apreensão foi realizada durante uma operação especialmente preparada para a retirada desse equipamento de lugares públicos. De acordo com o superintendente Valdir de Córdova Bicudo, as apreensões serão constantes e a intenção é erradicar essa modalidade de jogo de azar que é contravenção penal. Três pessoas responsáveis pelas máquinas foram ouvidas na delegacia e assinaram termo circunstanciado. Vão responder pela exploração de jogo de azar e, se forem condenadas, poderão pegar uma pena que varia de 15 meses a 3 anos.

O delegado Germínio Marques Bonfim solicitou a presença na delegacia de um profissional da Polícia Científica para a realização de perícia técnica em todas as máquinas apreendidas. A partir de testes será confeccionado um laudo onde será constatado o nível de manipulação de ganho das máquinas.