O corpo de um rapaz, de aproximadamente 25 anos, foi encontrado em um matagal ao lado da Rua São Miguel, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, na manhã desta terça-feira (5). Para o crime, os assassinos não pouparam crueldade, já que além de algemado e amordaçado, ele foi morto com tiros e facadas.

De acordo com a perícia do Instituto de Criminalística, o rapaz tinha ferimentos pelo corpo todo, mas principalmente no rosto e no peito. O corpo foi encontrado por um homem, que chamou a Polícia Militar. No local os moradores se dividiram: enquanto alguns diziam que até conheciam o rapaz, outros negavam e preferiam o silêncio.

A suspeita para o crime, a princípio, é de um acerto de contas. Isso porque o jovem tinha várias tatuagens pelo corpo, entre elas até uma frase dizendo “rezo pelo inferno”. Ele também teria tatuagens de carpa e palhaço.

A algema usada para prender o rapaz antes do crime não seria das forças de segurança. O corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Médico-Legal (IML), onde aguarda identificação.