Uma perseguição que poderia fazer parte de qualquer filme de ação, movimentou a cidade de Matinhos na noite de segunda-feira. Paulo Cezar Pacheco do Nascimento, 25 anos, preso da delegacia local, fugiu e correu para o mar, na tentativa de nadar até um lugar onde não pudesse ser encontrado. Porém, policiais civis e soldados do Corpo de Bombeiros foram atrás dele e a perseguição continuou na água. O preso fujão foi recapturado pelo investigador Aléxis Silva, lotado no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), que saiu do mar aplaudido pelos companheiros e por pessoas que passeavam pela orla.

Por volta das 23h, Paulo chegou correndo e entrou no mar, sem ao menos tirar os sapatos, e nadou rapidamente até se afastar da praia, por cerca de 300 metros. Em seguida, atrás dele, chegaram os policiais. O movimento chamou a atenção dos populares, que se reuniram para ver o desfecho da perseguição. Pouco tempo depois o policial Alexis, integrante da Operação Viva o Verão, do Porto de Passagem, saiu do mar junto com o fugitivo.

Paulo tentou fugir após ser preso em flagrante por furto qualificado. Enquanto aguardava para ser interrogado, ele estava algemado em um banco da delegacia. Com um pequeno pedaço de metal, conseguiu abrir a algema e fugir. ?Prisão assim, foi a primeira da minha vida?, disse Alexis, que foi aplaudido por todos na praia.