O adolescente Eduardo Rafael Freitas, 16 anos, foi assassinado com tiros na cabeça, por volta das 21h30 de domingo, em frente à casa de parentes, na Rua Tereza Pressin, no bairro Guarituba, em Piraquara.

A mãe da vítima contou à polícia que soube por familiares que seu filho foi chamado pelo nome, por dois homens. Quando o garoto saiu no portão, foi baleado.

Policiais militares atenderam à ocorrência, porém não conseguiram muitas informações sobre a autoria do crime, com os moradores da região. No local, eles apuraram apenas que a vítima residia em Rio Branco do Sul há cerca de três meses e voltou a Piraquara no domingo para visitar parentes.