O morador de rua Igor Holowca, 31 anos, foi incendiado no final da madrugada de ontem, enquanto dormia na Praça Santos Dumont, entre as ruas Saldanha Marinho, Ermelino de Leão e Cruz Machado, no Centro. Igor foi socorrido pelo Siate e levado ao Hospital Evangélico, onde permanece internado com queimaduras de segundo grau.

Igor contou a investigadores da Delegacia de Homicídios que dormia quando sentiu algo em seu corpo, mas pensou estar sonhando. Quando acordou, notou que estava queimando e tentou tirar as roupas. Mesmo assim, teve queimaduras no braço e no tórax.

Sem suspeitos

O delegado Rubens Recalcatti, da DH, ainda não tem indícios de quem possa ter cometido o crime, pois além de não ter encontrado testemunhas, na praça e estabelecimentos ao redor não há câmeras de segurança. Porém, não está descartada a possibilidade de ataque de skinheads.

Igor foi preso por furto e saiu da cadeia há quatro dias, segundo Recalcatti. Ele é usuário de drogas, não tem moradia fixa e possui pouco contato com a família. A assessoria de imprensa do Hospital Evangélico informou que o paciente permanece internado em quadro estável, um pouco confuso e sem previsão de alta.