Até o final da tarde de ontem, o morador na Estrada da Graciosa, que matou a tiros o ex-presidiário Anderson Gomes Anselmo, 30 anos, não havia se apresentado na delegacia do Alto Maracanã, em Colombo. Mas o delegado Rafael Vianna disse que acredita que ele vá se apresentar nas próximas horas.