A polícia procura por três suspeitos que invadiram, na manhã de hoje (19), um edifício residencial na Avenida Silva Jardim, quase esquina com a Rua Brigadeiro Franco, no Batel, e assustaram os moradores. Eles tentariam roubar valores de um dos apartamentos, mas foram flagrados por uma moradora e desistiram do crime. Fugiram sem sequer entrar no apartamento que era alvo deles.

Bem vestidos, de terno e gravata, eles entraram pela garagem do prédio e foram direto ao 11.º andar. Lá, uma mulher flagrou o trio e conseguiu chamar a atenção para que o porteiro acionasse a polícia. Os homens ficaram cerca de meia hora no edifício, perambulando por escadas, sem entrar em nenhuma residência. Policiais Militares do 12.º BPM foram chamados e fizeram uma vistoria em todos os apartamentos e locais do edifício, sem que encontrassem vestígios dos invasores.

Controle

O que intriga no caso é a facilidade que os invasores tiveram para entrar e sair do prédio. Eles utilizaram a garagem do edifício, aonde já haviam estacionado o carro de cor preta que usaram na fuga. A polícia acredita que eles utilizaram um controle remoto dos portões da garagem para ter acesso ao local.

Para o capitão Leandro Tonial, a ação do trio era específica, com alvo certo. O prédio tem 20 andares e 80 apartamentos, mas apenas um deles interessava. “Eles foram direto ao 11.º andar. Algumas coisas não batem. Tem história que não bate com o que as imagens mostram”, contou o comandante da 5.ª Companhia.

No andar em que os invasores foram flagrados mora uma senhora, que na segunda-feira fez a retirada de grande quantidade de dinheiro e guardou no apartamento, além de ter jóias no local, chamando a atenção dos invasores, que podem ter contado com pessoas ligadas à possível vítima para ter acesso fácil ao prédio e informações privilegiadas dos objetos de valores. Até a tarde de ontem, o caso não havia sido repassado à Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).