O aposentado Lorival Nepomuceno, 46 anos, foi encontrado morto, às 9h45 de sábado, no quarto 2, de uma pensão na Rua Valdemar Krupa, Jardim Busmayer, em Campo Largo. O corpo, que estava atravessado na cama, tinha um corte superficial no peito, marcas de esganadura no pescoço e tinha os olhos e a língua saltados. O quarto estava revirado, havia um canivete semi-aberto caído próximo da cama e ele estava com as chaves na mão.

Segundo Luiz Antônio, irmão da vítima, há dois dias ele tentava falar com Lorival, e como ele não atendia o celular, resolveu ir até a pensão onde ele morava há seis meses. Quando chegou, bateu várias vezes e ninguém atendeu, até que a zeladora da pensão conseguiu uma chave reserva e abriu a porta do quarto onde ele estava em avançado estado de decomposição.

Exames complementares no Instituto Médico-Legal deverão diagnosticar a causa da morte e caso seja confirmado que se trata de homicídio, o crime será investigado pela delegacia de Campo Largo.