Geovane da Silva Lisboa, 20 anos, morreu durante troca de tiros com policiais do 13.º Batalhão da Polícia Militar, na madrugada de ontem, no Portão. O confronto aconteceu por volta de 2h40, na Rua Curupaitis, e um rapaz conseguiu fugir. Os dois suspeitos estavam num Escort que, segundo a polícia, havia sido furtado na tarde de segunda-feira naquele mesmo bairro.

Segundo informações da PM, policiais patrulhavam a Rua João Bettega, quando avistaram o Escort. O motorista reagiu à tentativa de abordagem da equipe e fugiu em alta velocidade.

Com o carro em movimento, o passageiro passou a atirar contra os policiais, que revidaram e continuaram a persegui-los. Na Rua Curupaitis, os tiros dos PMs atingiram um dos pneus do veículo.

Calçada

O motorista do Escort perdeu o controle do carro e subiu na calçada em frente a uma residência. Os dois ocupantes do Escort saíram do veículo correndo. Geovane, que estava armado com um revólver calibre 38, continuou atirando contra os PMs, que revidaram e atingiram o suspeito. O rapaz morreu antes da chegada do Siate. O comparsa também estava armado e conseguiu fugir.

Fábio Alexandre
Tiroteio continuou a pé e Geovane foi baleado.