Um homem foi preso e outro morreu, depois de arrombar uma residência e trocar tiros com policiais militares do 20.º Batalhão, na noite de quarta-feira, no Jardim das Américas.

Dois comparsas conseguiram fugir. Os objetos levados da casa foram encontrados num veículo, perto do suspeito morto, numa rua marginal à Avenida Comendador Franco (Avenida das Torres).

De acordo com o tenente Wagner de Araújo, os marginais invadiram a residência por volta das 20h30. Não havia ninguém em casa. Ao avistar a chegada da viatura, os marginais fugiram a pé pela Rua Lima Barreto e foram perseguidos.

Três ladrões conseguiram fugir, mas Francisco Augusto Mota Lima, 27 anos, foi alcançado a poucas quadras da casa arrombada e tombou em frente ao muro de uma residência após enfrentar a PM.

Cerco

“Ele foi cercado, disparou contra os policiais e continuou fugindo. Foi feito novo cerco, quando ele tentou invadir outra casa. O suspeito fez mais disparos contra a equipe, foi alvejado e morreu com pistola 9 milímetros, em punho”, descreveu Araújo.

A poucos metros, a polícia localizou um Gol preto com vários objetos e aparelhos roubados, como televisão de plasma e DVD. Pouco tempo depois, uma viatura do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), patrulhava a região e abordou um rapaz.

Durante a revista, o rapaz disse que não sabia de assalto nenhum, que apenas estava indo para a casa, no entanto, no bolso da calça foram encontradas as chaves do carro usado para carregar os produtos roubados. Ele, a arma apreendida com o ladrão morto, e todos os objetos do furto foram encaminhados para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).