Com o rosto desfigurado, enrolado em uma cerca de arame farpado e com um tiro na barriga, o ex-presidiário Gerson Fernando dos Santos, 21 anos, foi encontrado morto, no início da tarde de ontem, em uma chácara na localidade de Imbuial, em Colombo. A polícia acredita que o rapaz foi morto por comparsas, já que a casa da chácara foi invadida por ladrões, que reviraram a moradia em busca de objetos de valor.

O superintendente Job de Freitas, da delegacia do Alto Maracanã, informou que o cadáver foi encontrado por um vizinho, que passava pelo local e avisou o pai do proprietário da chácara. “O dono da chácara viajou há quatro dias. Foi neste período que invadiram a casa dele”, salientou o policial. Ele disse que o pai do proprietário foi até a delegacia comunicar o encontro do cadáver e para guiar os policiais, até a Rua Mário Strapasson, situada há quinze quilômetros da delegacia, em um local de difícil acesso. “De acordo com o perito, a morte ocorreu há cerca de quatro dias. Acreditamos que a vítima estava envolvida com o arrombamento da casa”, salientou o policial.

Identificação

O rapaz não tinha documentos e só foi identificado no final da tarde de ontem. “Ele tem passagens pela Delegacia de Furtos e Roubos. O que fortalece as nossas suspeitas de que ele participou do arrombamento da chácara. Tudo indica que foi briga entre comparsas, que se desentenderam após o arrombamento”, disse o policial.

No local do crime não foi possível apurar a causa da morte, mas no Instituto Médico Legal, com exames mais detalhados constatou-se um tiro na barriga. “Acreditamos que mais de uma pessoa participou do homicídio, já que o rapaz foi enrolado na cerca de arame farpado antes de levar o tiro na barriga”, acrescentou Job.