Alberto Melnechuky
O assassinato aconteceu
na Rua Guabirotuba.

Ao tentar impedir que matassem seu filho, o comerciante Artilino de Souza Bueno, 50 anos, foi assassinado com um tiro no pescoço, por volta das 21h30 de sábado, na Vila das Torres. O crime aconteceu na residência da vítima, na Rua Guabirotuba.

Testemunhas contaram que o autor do disparo entrou na casa e perguntou por Anderson, filho de Artilino, porque queria matá-lo. Para proteger o filho, o pai respondeu que para matar Anderson, teria que matá-lo também. A intimidação não surtiu efeito e, em seguida, o homem disparou contra Artilino, que morreu no local. O assassino fugiu.

De acordo com as informações passadas ao investigador Castro, da Delegacia de Homicídios, o autor do crime seria um homem conhecido como Dinarte. No local, populares contaram que Dinarte já teria matado o genro da vítima, de nome José Inácio, no ano passado.

A polícia acredita que, com a ajuda da população, o matador será localizado rapidamente.