A fuzilaria que aconteceu na tarde de segunda-feira em Piraquara, resultou em mais uma morte. Edvaldo Marques de Souza, 18 anos, que havia sido levado em estado grave ao Hospital do Trabalhador, não resistiu aos ferimento e morreu no final da tarde de ontem. O amigo dele, Tiago Pereira dos Santos, 16, que também foi baleado, morreu antes da chegada do socorro, em frente a um salão de beleza, na Avenida Herbert Trape, Guarituba.

Os investigadores da delegacia de Piraquara ainda não identificaram o autor do crime, muito menos o motivo. O assassino abriu fogo contra as vítimas, enquanto elas esperavam para cortar o cabelo. Tiago foi ferido com pelo menos 11 tiros, e no local a polícia recolheu o mesmo número de estojos de pistola calibre 380. O quantidade de disparos no corpo do jovem e as marcas deixadas na porta e na parede do estabelecimento indicam que o assassino não titubeou em descarregar a arma nos jovens. Edvaldo foi ferido com um disparo na cabeça.