A polícia acredita que a morte de um adolescente, de 16 anos, registrada na tarde desta quinta-feira (3), no bairro Uberaba, em Curitiba, pode ter sido vingança. Informações, que ainda são apuradas pelos investigadores, dão conta de que o rapaz teria se envolvido em uma tentativa de homicídio um dia antes.

O crime aconteceu por volta das 16h30 na Rua Salomão Elias Feder, próximo à casa onde morava. Segundo a polícia, o garoto chegou a ver que os assassinos se aproximaram e, quando os reconheceu, tentou se esconder, mas não foi suficiente. O adolescente foi morto dentro de uma oficina mecânica.

Conforme a Polícia Militar (PM), o menino foi atingido por mais de 15 tiros.

De acordo com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), logo que os investigadores chegaram ao local, descobriram o que pode ser o motivo do crime. Um homem, que está internado no Hospital Cajuru, pode ter pedido que o adolescente fosse morto. Isso porque ele teria sido baleado durante uma confusão em que o garoto estava envolvido.

Para a polícia, nada está descartado, mas a primeira hipótese é a de que amigos do homem que está internado podem ter executado o adolescente. Os investigadores esperam que o homem se recupere para que ele seja interrogado. Informações que possam ajudar devem ser passadas ao disque-denúncia da DHPP, através do 0800-643-1121.

Acesse o Painel do Crime, a mais nova fonte de informações sobre crimes em Curitiba e região