Um envolvido nas mortes de Loredo Messias, 15 anos, e Maicon Willian Patrício, 17, ocorridas no início do mês, foi preso por policiais militares, na madrugada de ontem, na Vila Sabará, Cidade Industrial, bairro onde ocorreram os homicídios.

Segundo o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Homicídios, Leandro Gonçalves Dias, 27, seria irmão de criação de um adolescente de 16 anos, vítima do atentado à bala ocorrido dentro de uma lanchonete no sábado passado. O adolescente – que teria participação em homicídios – era o alvo dos atiradores, mas quem morreu foi Wellington Daniel Vujanski Caires, 11 anos, que estava no local para comprar uma coxinha e foi atingido com uma bala perdida na cabeça.

Outros

Também foram presos Josiel Barbosa, 29, William Ferrreira de Lima, 18, e uma mulher, identificada como Josiane. “Josiel é cadeirante e fornecedor de armas, e Leandro teve participação ativa nos homicídios de Loredo e Maicon. Em relação a William, estamos apurando seu envolvimento nos crimes. Contra a mulher, não há indício de relação com crimes”, explicou o delegado.

Como as prisões ocorreram na madrugada, os quatro foram conduzidos ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e vão responder por porte de arma. “Solicitamos cópias dos procedimentos para o inquérito policial e do boletim de ocorrência feito pelo 13.º Batalhão”, disse Recalcatti. Segundo ele, os confrontos têm relação com briga de gangue e tráfico de drogas. “O adolescente pode ter sido morto em represália às mortes de Loredo e Maicon”, completou o policial.