Desentendimento dentro de um bar, na Rua João Bettega, Cidade Industrial de Curitiba, motivou uma briga e posterior assassinato à 1h45 de ontem. Marcos Rocha da Cruz, 22 anos, recebeu duas facadas no peito e morreu no local. O acusado pelos golpes, Antônio Lopes Neto, 36 anos, foi preso minutos depois em sua moradia, na Vila Nossa Senhora da Luz. O detido e a vítima eram vizinhos.

Marcos e sua irmã estavam no bar quando apareceu Antônio e puxou conversa com o rapaz. Provavelmente, embalados pela bebedeira, ocorreu um desentendimento que foi resolvido à facada. Pelas informações, Antônio puxou uma faca e desferiu dois golpes contra o vizinho e depois fugiu. Na casa do acusado, equipe da Delegacia de Homicídios, com o apoio da Polícia Militar, efetuaram a prisão em flagrante de Antônio e apreenderam uma faca, provável arma do crime. Levado ao 3.º DP (Mercês), onde foi atuado em flagrante pelo homicídio, Antônio confessou o crime, mas disse que não se lembra o motivo que gerou a discussão. Ele já tinha passagem na polícia por porte ilegal de arma.