Reação a uma abordagem policial pode ter sido o motivo de um jovem ter sido morto por policiais militares, em Araucária, na madrugada de ontem. O confronto, segundo boletim da PM, entregue na delegacia do município, ocorreu na Rua Pedro Pianoski, bairro Costeira, às 4h. Um revólver calibre 32 e uma moto com alerta de furto, que estariam com o rapaz, foram entregues à Polícia Civil.

A PM explica, no boletim, que havia recebido informações anônimas de um homem traficando drogas, no Costeira, com uma moto. Dois policiais foram conferir a denúncia até que encontraram o rapaz na moto placa AJS-8771, que circulava com as luzes apagadas. Os policiais tentaram abordar o suspeito também porque o veículo tinha alerta de furto.

Tiros

Na abordagem, o rapaz acelerou e fugiu. Numa determinada altura da perseguição, o suspeito fez uma manobra brusca e desceu da moto atirando. No revide, policiais o atingiram na cabeça. Ele foi socorrido ao Hospital NIS III, em Araucária, onde já chegou morto.

A delegacia de Araucária recebeu o boletim da PM, a arma, com dois projéteis deflagrados, e a moto. Inquérito já foi aberto para investigações, que estão comprometidas porque, até ontem, nenhum familiar da vítima havia aparecido na delegacia. O corpo permanece sem identificação no IML.