Debaixo do Viaduto do Capanema, entre as ruas Engenheiro Rebouças e Maurício Fruet, Rebouças, populares encontraram o corpo de um homem, caído às margens do Rio Belém, no meio da tarde de ontem. A vítima, de aproximadamente 40 anos e morta por espancamento, não carregava documentos. Porém, ao seu lado, foi encontrada a carteira com documentos e cartões de banco em nome da farmacêutica Juliana Silva Nieble de Freitas.

A vítima não-identificada vestia blusa de moletom vermelha e calça preta, também de moletom. O homem, moreno claro, tinha cabelos castanhos curtos e barba. Segundo a perícia, a morte ocorreu de madrugada ou no início da manhã.