Mais um funcionário da empresa Trombini Florestal, acusado de ter participado da morte de dois sem-terra, em Foz do Jordão, foi preso pela polícia de Guarapuava. Sandro Fernandes Pereira foi detido após uma

vistoria complementar, feita pela polícia no local do confronto. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Juraci Lopes de Souza, o funcionário da Fazenda foi identificado após depoimentos de colonos da região que o apontaram como participante do confronto ocorrido na terça-feira, na fazenda Coqueiro.

Desde o início das investigações já foram presas 10 pessoas envolvidas no caso, entre sem-terra e funcionários da fazenda.

A Polícia Militar mantém um efetivo no local para a manutenção da ordem e da tranqüilidade. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os sem-terra foram baleados em uma emboscada montada pelos seguranças da fazenda.