A Rua 32, da invasão Vila Zumbi dos Palmares, em Colombo, ficou manchada de sangue na noite de sábado. Ambrósio Fiale Júnior foi assassinado com várias facadas em frente a um bar, cujas portas foram fechadas após o crime.

Segundo policiais do 17.º Batalhão de Polícia Militar, a vítima teria freqüentado o boteco por volta das 22h30, porém quando a equipe chegou no local o estabelecimento estava com as portas fechadas. Nenhum morador forneceu informações sobre o assassinato, fazendo valer mais uma vez a conhecida "lei do silêncio".

Um plantonista da delegacia do Alto Maracanã, responsável pela investigação do assassinato, disse que não tinha informações sobre o crime, uma vez que nenhum policial civil foi até o local. "Estamos aguardando o relatório da Polícia Militar", justificou-se.