Grandes pedras foram usadas para esmigalhar a cabeça de Vanderlei de Jesus Morais Gomes, 27 anos. Acionada à meia-noite de ontem, a Polícia Militar encontrou o corpo no meio da Avenida do Canal, esquina com Rua Cisne Real, Vila Pantanal, Alto Boqueirão.

Dentre os poucos curiosos que apareceram no local do crime, nenhum apresentou-se como testemunha do fato. Atacado num ponto com péssima iluminação, Vanderlei teve a cabeça atingida por pedras, que ficaram espalhadas ao redor do corpo.

Uma irmã da vítima, Miranei, não soube dizer onde Vanderlei estava antes de ser morto. Mas ela contou aos investigadores Paulo e José Luiz, da Delegacia de Homicídios, que ele estaria para receber quantia significativa de dinheiro. Na carteira de Vanderlei havia apenas a cédula de identidade – o que fez surgir a suspeita de roubo seguido de morte.