Foi em meio ao carreiro de terra que liga o Jardim Novo Horizonte, Umbará, ao Bairro Novo B, Sítio Cercado, que Adriano dos Santos Corrêa, 23 anos, foi assassinado na noite de domingo. Apesar de os moradores da região terem ouvido sete disparos, ninguém viu quem cometeu o crime.

Adriano foi morto com vários tiros na cabeça, tombando  na Rua

Rua José Otávio Meira dos Anjos. Segundo o relato dos familiares da vítima à Delegacia de Homicídios, Adriano estava residindo nas Moradias Novo Horizonte há pouco tempo, junto com mãe. Ele havia ficado sete meses recolhido na carceragem da delegacia do município de Fazenda Rio Grande por roubo.

De acordo com o superintende da Delegacia de Homicídios, Miguel Gumieiro, a mãe de Adriano afirmou que seu filho não tinha desavenças com moradores do local e dificilmente saía de casa. Porém, o policial acredita que ele tenha sido assassinado em decorrência de sua vida pregressa.